|  Por Aline Dias

Carta do Fórum de Manguinhos de apoio aos familiares de Jonathan de Oliveira Lima e repúdio a seu assassinato

Rio de Janeiro, 22 de maio de 2014

O Fórum Social de Manguinhos, por meio dessa carta, expressa o seu repúdio a ação policial do Estado que gerou o assassinato do jovem Jonathan de Oliveira Lima e manifesta apoio, solidariedade e sentimentos a mãe Ana Paula Gomes de Oliveira e demais familiares. Não existem palavras suficientes para expressar nossa tristeza e indignação com a morte de Jonathan. Novamente acontece o assassinato de um jovem, negro, morador de favela, em Manguinhos. Mais uma vez surgem notícias falsas na grande mídia e justificativas absurdas do Estado. No ano passado, ações policiais semelhantes tiraram a vida de Mateus Oliveira Casé, 16 anos (março/2013) e de Paulo Roberto Pinho de Menezes de 18 anos (outubro/2013). Nós que somos moradoras e moradores trabalhadores de Manguinhos não podemos mais aceitar essas formas de violência na favela, nem admitir que isso possa vir a acontecer com outros jovens moradores. Para a mãe Ana Paula queremos prestar não apenas nossos pêsames, mas também convidar a senhora, seus familiares, vizinhas(os) e amigas(os) a participarem da luta por garantia de direitos e justiça social na favela junto com o Fórum Social de Manguinhos. Moramos, atuamos na favela, e acreditamos na capacidade de nossas moradoras e moradores para mudar Manguinhos. Não prometemos resposta fácil ou solução imediata, mas garantimos que o espaço do Fórum de Manguinhos está aberto para lutarmos juntos por justiça no caso de Jonathan e para que isso não aconteça mais com outros jovens moradores e suas famílias. Também temos nossas vidas marcadas pela violência extrema e acreditamos que só a união das moradoras e moradores pode mudar e combater essa situação. Manguinhos tem FOME DE DIREITOS: direito ao saneamento básico, educação, cultura, lazer, trabalho. Sem a garantia desses direitos não existe segurança pública na favela. Pela união das moradoras e moradores de Manguinhos! Pela união das trabalhadoras e trabalhadores das favelas!

PARA JONATHAN – (adaptado de Cecília Meireles – “Cânticos”)
“ Tu não morrerás.
Não há nuvens que te escureçam
Não há ventos que te desfaçam.
Não há águas que te afoguem.
Tu és a própria nuvem.
O próprio vento.
A própria chuva sem fim…
Renova-te.
Multiplica os teus olhos para verem mais.
Multiplica os teus braços para semearem tudo.
Seja o ouvido que nunca esquece.
Repete-te para sempre em todos os corações
Estarás sempre presente em todas as nossas lutas”.

Contato do Fórum Social de Manguinhos: forumanguinhos@gmail.com