|  Por Aline Dias

Mais de 2 mil brasileiros estão jurados de morte por denunciarem violações aos direitos humanos

Matéria do jornalista Edson Sardinha, para a revista Congresso em Foco, apresenta casos de defensores de direitos humanos ameados de morte e que tiveram restrição do direito ir e vir após denunciar violações, crimes ou por exercer suas profissões. BAIXE A MATÉRIA AQUI