Quem Somos

A Justiça Global é uma organização não governamental de direitos humanos que trabalha com a proteção e promoção dos direitos humanos e o fortalecimento da sociedade civil e da democracia. Fundada em novembro de 1999, nossas ações visam denunciar violações de direitos humanos; incidir nos processos de formulação de políticas públicas, baseadas nos direitos fundamentais e na equidade de gênero e raça; impulsionar o fortalecimento das instituições democráticas; e exigir a garantia de direitos para as vítimas de violações e defensoras/es de direitos humanos. Estamos organizados em quatro programas temáticos e uma área administrativa, conformando uma equipe multidisciplinar, que realiza suas atividades articulando estratégias de pesquisa e documentação, litigância, advocacy, comunicação e formação.

nossa história

2015
II Homenagem Maria do Espírito Santo Silva – Pela Valorização das Defensoras de Direitos Humanos.
2014
15 anos da Justiça Global e primeira homenagem da Justiça Global às defensoras de direitos humanos.
2009
OEA condena Brasil pelo assassinato do trabalhador rural sem-terra Sétimo Garibaldi.
2006
Condenação do Brasil na Corte pela morte violenta de Damião Ximenes Lopes.
2003
Organização da missão de Asma Jahangir, relatora especial da ONU para execuções sumárias, arbitrárias e extrajudiciais.
2000
Organização da missão do relator especial da ONU sobre a tortura Nigel Rodley.
1999
Fundação da Justiça Global.