Agenda Nacional pelo Desencarceramento

Inicio Noticias y análisis Agenda Nacional pelo Desencarceramento
Agenda Nacional pelo Desencarceramento

Como se sabe, o Brasil ostenta o nada honroso terceiro lugar no ranking dos países com maior população carcerária no mundo (atrás apenas de Estados Unidos e China), com mais de 700 mil pessoas presas. Entre 1992 e 2012, a população carcerária brasileira saltou de 114 mil para aproximadamente 550 mil pessoas presas: recrudescimento de 380% (DEPEN). No mesmo intervalo de tempo, a população brasileira cresceu 30% (IBGE).

A seletividade penal tem ainda outro viés, mais grave e violento: a criminalização das mulheres. Apesar de o número de mulheres presas corresponder a cerca de 8% do total da população carcerária, sabe-se que, nos últimos dez anos, houve aumento de cerca de 260% de mulheres presas contra aumento de aproximadamente 105% de homens presos.

A Justiça Global e diversas outras organizações e movimentos prepararam a proposta de um robusto e integrado programa nacional de desencarceramento, de abertura do cárcere para a a sociedade e de redução de danos.

CONHEÇA AQUI

Déjenos su opinión

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *