Uma história que precisa ser contada: a luta de Deize Carvalho em livro inédito

Inicio Noticias y análisis Uma história que precisa ser contada: a luta de Deize (...)

Débora Silva e Deize Carvalho no lançamento do seu livro no Rio

A defensora de direitos humanos Deize Carvalho lançou na noite desta segunda (21/7) sua autobiografia «Vencendo as Adversidades», no Morro do Cantagalo, Rio de Janeiro. O livro teve o apoio do Movimento Mães de Maio, que esteve representado no evento por Veralúcia Gonzaga dos Santos e Débora Silva, que também coordenou a edição.

«Eu pude ver com as Mães de Maio que as mães tiram força de onde não tem», disse Deize Carvalho. A autora lembrou também de Andreu, seu filho torturado e morto por agentes do Degase. «Eu queria que meu filho me enterrasse, não eu enterrar meu filho. A lei de Deus é essa, mas nesse Estado isso foi invertido», completou.

Já Débora ressaltou a importância da luta das mães da cidade. «O Rio de Janeiro foi o nosso espelho, as Mães de Acari foram o nosso espelho». Ela destacou ainda o extermínio da população pobre e negra em curso no Brasil. «Nós não temos um país com pena de morte, mas a pena de morte está decretada», finalizou.

A noite seguiu com uma confraternização na quadra da Escola de Samba Alegria da Zona Sul, celebrando a luta de mães que não se calam diante da dor e da injustiça da perda de seus filhos.

Déjenos su opinión

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *