APELO URGENTE: famílias de trabalhadoras e trabalhadores rurais pedem socorro

Inicio Noticias y análisis APELO URGENTE: famílias de trabalhadoras e trabalhadores rurais pedem socorro

As famílias de trabalhadores e trabalhadoras rurais da comunidade Brejinho do Rio das Onças II, no Município de Bom Jardim, Estado do Maranhão, pedem socorro.

Trabalhadores rurais do Maranhão precisam de ajuda

São 33 núcleos familiares que são vítimas de criminosos ambientais que atuam na região: madeireiros, fazendeiros e grileiros de terras que fazem extração ilegal de madeiras da Reserva Biológica do Gurupi e das terras indígenas localizadas próximas a esta comunidade. No dia 25 de agosto de 2015, o seu representante e presidente da Associação dos Pequenos Produtores Rurais, Raimundo dos Santos, foi assassinado com 12 tiros e a golpes de facão que lhe deceparam a cabeça, em uma emboscada. Deixaram sua esposa gravemente ferida com 06 tiros e ainda se encontra internada.

As 33 famílias tiveram que fugir das suas casas à noite, às pressas, somente com suas crianças e com as roupas do corpo. Elas não podem voltar para buscar suas coisas pessoais, seus animais e sua produção por causa do clima de violência na região. Após o assassinato do ambientalista e presidente da associação, outras duas pessoas já foram mortas nas proximidades.

Ajude estas famílias a reaverem parte de seus itens básicos de sobrevivência. A todas e todos que se indignam com injustiça fundiária que existe no Brasil, a todos que zelam pela preservação ambiental, que lutam contra a grilagem de terras, a extração ilegal de madeiras, contra a violência no campo que perdura e vitima centenas de pessoas a cada ano no país, este é um apelo para que transformem o desejo de mudança em um gesto de solidariedade e amparo às famílias que vivem na linha de frente desta luta.

AJUDE POR MEIO DESTE LINK

Déjenos su opinión

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *