Apoie esta causa

Festival Março por Marielle e Anderson marca 6 anos de luta por justiça e memória

Início Engaje Apoios Festival Março por Marielle e Anderson marca 6 anos de (...)
DATA: 14/03/2024 | HORÁRIO: 10H – 22H (BRT).

Em luta por justiça e memória aos seis anos do assassinato de Marielle Franco e de Anderson Gomes, mais uma vez, o Festival Março por Marielle e Anderson ocupa o Centro do Rio de Janeiro (RJ) nesta quinta-feira (14). Além do Rio, parceiras(os) de luta também levantam ações em vários locais do Brasil e do mundo.  As atividades buscam ecoar deu legado na luta por direitos humanos e pedem resolução do caso e resposta para pergunta: Quem mandou matar Marielle e Anderson? Já são seis anos sem respostas, sem justiça e de saudade.

Ao longo do mês, o Instituto Marielle Franco – com apoio de diversas organizações – realiza lives, debates, intervenções artísticas, ações simbólicas individuais e coletivas, que vão rolar durante todo o mês. Os artistas e ativistas interessados em realizar ações nos seus territórios podem se inscrever através do formulário on-line, disponível no site do Instituto. São aceitas ações presenciais e virtuais.

Durante o Março por Marielle e Anderson, haverá diversas reuniões com as autoridades competentes para incidência e acompanhamento do caso junto ao Comitê Justiça por Marielle e Anderson, composto pelo Instituto Marielle Franco, por Mônica Benício, Agatha Reis, e as organizações Justiça Global, Terra de Direitos, Coalizão Negra por Direitos e Anistia Internacional.

Foto: Divulgação/Câmara Municipal do Rio de Janeiro (RJ)

Então vereadora, Marielle e seu motorista, Anderson Gomes, foram atingidos por arma de fogo dentro do carro em 14 de março de 2018. Ela tinha 38 anos à época. “Mulher, negra, mãe e cria da favela da Maré” (um complexo de favelas na Zona Norte da cidade), como gostava de se apresentar, Marielle foi a quinta mais votada da cidade nas eleições de 2016, com 46.502 votos, em sua primeira disputa eleitoral. E integrava o grupo de quatro relatores de uma comissão da Câmara Municipal criada em fevereiro para monitorar os trabalhos da intervenção federal na segurança pública do estado.

“Justiça atrasada é justiça negada

É tempo demais sem respostas! Mais um 14 de março, são 6 anos, são 71 meses desde que nos tiraram Marielle Franco. Foram os 6 anos mais difíceis de nossas vidas. Desde aquele trágico dia, temos enfrentado essa jornada com coragem, resistindo com indignação e carregando um vazio profundo de saudade. Nesses anos, passamos por tantas coisas, mas nós permanecemos de pé, acompanhando de perto cada passo dado nas investigações, trabalhando duro para impedir as tentativas de interferências no caso e articulando centenas de ações no mundo inteiro para gritar por justiça. Não queremos mais demora: estamos próximos de ter a possibilidade de honrar a memória da Mari e do Anderson, através de um grande júri popular. A sociedade brasileira tem a oportunidade de mostrar para o mundo todo que repudia esse crime bárbaro e qualquer forma de violência política de gênero e raça. Agir ao sentir, como Mari dizia. Temos que mostrar que é tempo demais e que o nosso grito de justiça por Marielle e Anderson continua ecoando!”– Instituto Marielle e Anderson

 

Programação do #14m

  • Missa
    Horário: 10h
    Local: Igreja Nossa Senhora do Parto – Rua Rodrigo Silva, 07 – Centro
  • Ato por Justiça
    Horário: 12h
    Local: Marcha saindo da estátua até a Câmara Municipal do Rio de Janeiro
  • Festival #Justiça por Marielle e Anderson
    Horário: das 17h às 22h
    Local: Praça Mauá
  • Espaço Coruja Recreação Infantil
    Horário: 17h às 22h
    Local: Museu de Arte do Rio (MAR)
  • Oficina de Bordados
    Horário: 16h às 18h
    Local: Museu de Arte do Rio (MAR)

 

Acesse as informações completas sobre as atividades.

 

Imagem: Divulgação/Instituto Marielle Franco.

Inscrição gratuita

Inscreva-se!

Inscreva-se!

* campos obrigatórios