Equipe e conselho

Início Quem somos Equipe e conselho

Nossa equipe é formada por profissionais comprometidos com a defesa dos direitos humanos e com a justiça a partir de diversas formas de atuação e conhecimento, que combinam a trajetória política individual com uma atuação técnica e analítica qualificada.

Conselho

CRISTIANE FAUSTINO

Presidência do Conselho Deliberativo (2022-2026)

CRISTIANE FAUSTINO

Presidência do Conselho Deliberativo (2022-2026)

Assistente social de formação, ela atualmente é coordenadora institucional do Instituto Terramar e integra a Rede Brasileira de Justiça Ambiental.

 

 

 

 

ANDRESSA CALDAS

Vice-presidência do Conselho Deliberativo (2022-2026)

ANDRESSA CALDAS

Vice-presidência do Conselho Deliberativo (2022-2026)

Diretora-executiva do Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul, onde trabalha desde 2015. É doutoranda em Antropologia Social no Instituto de Altos Estudos Sociais (IDAES) da Universidade Nacional de San Martin (Argentina), onde vem desenvolvendo pesquisas sobre direitos humanos, movimentos sociais, políticas públicas. É mestre em Direito pela Universidade Federal do Paraná e também em Estudos de Área (América Latina) na Universidade de Londres, Reino Unido. Atuou na Justiça Global de 2001 a 2014.

ALEXANDRA MONTGOMERY

Integrante do Conselho Deliberativo (2022-2026)

ALEXANDRA MONTGOMERY

Integrante do Conselho Deliberativo (2022-2026)

Advogada (Mackenzie, SP), mestre em direito internacional dos direitos humanos pela Escola de Direito da American University, nos Estados Unidos. É mãe e defensora de direitos humanos. Dedica sua vida na defesa dos direitos humanos e da justiça social, para desmantelar estruturas desiguais, e enfrentar o racismo e a discriminação. Coordenou o grupo de trabalho sobre responsabilização de empresas por violações de direitos humanos da Rede DESC em Nova Iorque. Foi advogada do Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDECA) da Sé (SP), da qual permanece associada, e do CEDECA-RJ. Foi diretora do programa do CEJIL para o Brasil (Centro pela Justiça e o Direito Internacional). Foi advogada da Justiça Global entre 2012 e 2017, quando retornou da Comissão Interamericana de Direitos Humanos. Atualmente, é diretora de programas da Anistia Internacional Brasil.

ROBERTO MONTE

Integrante del Consejo deliberativo (2022-2026)

ROBERTO MONTE

Integrante del Consejo deliberativo (2022-2026)

Coordenador do Centro de Direitos Humanos e Memória Popular (CDHMP) e um dos fundadores da Justiça Global.

MIKAELL CARVALHO

Integrante do Conselho Consultivo (2022-2026)

MIKAELL CARVALHO

Integrante do Conselho Consultivo (2022-2026)

Comunicador popular e coordenador da Justiça nos Trilhos. Nascido em Açailândia, no interior do Maranhão, atua há 10 anos na defesa das pessoas e territórios atingidos pela cadeia da mineração e do agronegócio no Maranhão.

NADEJDA MARQUES

Integrante do Conselho Fiscal (2022-2026)

NADEJDA MARQUES

Integrante do Conselho Fiscal (2022-2026)

Pesquisadora e professora de direitos humanos. Autora e tradutora de dezenas de livros e relatórios que abordam questões como situação carcerária no Brasil, problemas do sistema de saúde pública na África Sub-Saariana, o reassentamento de refugiados e deslocados internos em Angola, a necessidade de serviços de saúde nas escolas dos Estados Unidos, mais recentemente, publicou livro abordando questões sobre imigração e políticas de saúde pública. Foi gerente do Programa de Direitos Humanos do Centro para Democracia e Estado de Direito na Universidade de Stanford e lecionou em várias universidades americanas dentre elas: Harvard, University of Massachusetts,UCLA, University of Colorado at Boulder e, atualmente, leciona na Wesleyan University.

PAULA MÁIRAN

Integrante do Conselho Fiscal (2022-2026)

PAULA MÁIRAN

Integrante do Conselho Fiscal (2022-2026)

Paula Máiran é piauiense, jornalista, mestranda em Mídia e Cotidiano na UFF, mãe, feminista, defensora dos direitos humanos, ecossocialista, antirracista e antifascista.

Diretoria Colegiada

GLAUCIA MARINHO

Diretora-executiva

GLAUCIA MARINHO

Diretora-executiva

Jornalista (PUC-Rio), mestre em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas (UERJ) e doutoranda em Comunicação e Cultura (UFRJ). Foi militante pelo direito à moradia e contra a violência de Estado, tendo integrado a Frente de Luta Popular, participado de ocupações sem teto no Centro e na região portuária do Rio de Janeiro, nos anos 2000, e atuado contra as remoções relacionadas a megaeventos, especialmente no Morro da Providência. Atua também em diversas frentes contra a violência policial e, desde a graduação, em coletivos de estudantes negros. Foi membro da Comissão Permanente para a Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres, da População LGBTIQIA+, Promoção da Igualdade Racial e Enfrentamento de Racismo do Conselho Nacional de Direitos Humanos (2018-2019). É vice-presidente da Federação Internacional de Direitos Humanos (FIDH).

DANIELA FICHINO

Diretora-adjunta

DANIELA FICHINO

Diretora-adjunta

Graduada em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e mestre em Direito e Desenvolvimento pela Fundação Getúlio Vargas, quando analisou o processo de implementação das Unidades de Polícia Pacificadora. É doutoranda em Teoria e Filosofia do Direito na UERJ. Tem experiência como comunicadora popular e fotógrafa.

DANIELE DUARTE

Diretora-adjunta

DANIELE DUARTE

Diretora-adjunta

Assistente Social, especialista em Assistência Social e Direitos Humanos e mestra em Serviço Social formada pela PUC-Rio, onde atualmente cursa também o doutorado em Serviço Social. Mulher negra, de candomblé, lésbica, nascida na favela do Vidigal (RJ), tem experiência no desenvolvimento e coordenação de programas e projetos sociais. Atua desde dos anos 2000 em organizações da sociedade civil e projetos estatais, nas áreas de direitos humanos, proteção integral a defensoras e defensores de direitos humanos, raça, gênero, juventude, direitos sexuais e reprodutivos, favelas e periferias das cidades. Nos últimos anos, tem se dedicado a atuar pela proteção integral de defensores e defensoras de direitos humanos, além de produzir dados sobre ameaças, violências e violações contra defensoras e defensores de direitos humanos.

Equipe

SANDRA CARVALHO

Coordenadora do programa de Proteção de Defensoras/es de Direitos Humanos e da Democracia

SANDRA CARVALHO

Coordenadora do programa de Proteção de Defensoras/es de Direitos Humanos e da Democracia

Co-fundadora da Justiça Global, Sandra Carvalho é atualmente coordenadora do programa de Proteção de Defensores(as) de Direitos Humanos e da Democracia na instituição. A cientista social e ativista há mais de 30 anos começou a carreira no Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP). Foi Secretária Executiva da Comissão Teotônio Vilela de Direitos Humanos, coordenou a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e, em 1999, ao lado de James Cavallaro, fundou a Justiça Global. Em 2009, Sandra se tornou a primeira brasileira a ser agraciada com o prêmio internacional de direitos humanos da Human Rights First. Já atuou por dois mandatos como Conselheira e integrante da Mesa Diretora do Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), representando a Plataforma Dhesca Brasil, e como vice-presidente da Federação Internacional de Direitos Humanos (FIDH), eleita em 2009.

ANTONIO NETO

Pesquisador no programa de Proteção de Defensoras/es de Direitos Humanos e da Democracia

ANTONIO NETO

Pesquisador no programa de Proteção de Defensoras/es de Direitos Humanos e da Democracia

Mestrando em Políticas Públicas em Direitos Humanos na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Está na Justiça Global desde julho de 2015, onde atua na área de proteção a defensoras e defensores de direitos humanos e da democracia. Militante da luta pela terra e dos direitos humanos desde 2002 no Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do Brasil (MST), ajudou a organizar o coletivo de juventude do MST e a Via Campesina Brasil, contribuindo para a implementação deste tema nas organizações camponesas brasileiras.

CAROLINE CAVASSA

Coordenadora de Comunicação

CAROLINE CAVASSA

Coordenadora de Comunicação

Jornalista e feminista negra, tem 14 anos de experiência em diversos segmentos da comunicação. Iniciou sua trajetória profissional como assessora de imprensa do movimento sindical petroleiro e, posteriormente, como editora do site do PT-RJ. Publicou reportagens investigativas com denúncias de violações de direitos humanos em Roma, na Itália, onde atuou como repórter correspondente para diversos veículos de comunicação e também foi uma das fundadoras do Coletivo Marielle Franco, composto majoritariamente por mulheres brasileiras expatriadas. Ainda como assessora, no campo dos direitos humanos, trabalhou para a Agência da ONU para Refugiados no Brasil.

FRANCISCA MOURA

Auxiliar de Serviços Gerais

FRANCISCA MOURA

Auxiliar de Serviços Gerais

Francisca Moura atua na Justiça Global desde a fundação.

EDUARDO BAKER

Coordenador do programa de Justiça Internacional

EDUARDO BAKER

Coordenador do programa de Justiça Internacional

Advogado, atua como coordenador do programa de Justiça Internacional da Justiça Global. É professor de Direito, doutor pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e mestre em Direito Penal (UERJ). Atua como advogado de direitos humanos com foco em litígio internacional desde 2011. Trabalhou com órgãos das Nações Unidas e no Sistema Interamericano de Direitos Humanos, em casos como a Fábrica de Fogos, Belo Monte e Complexo Penitenciário do Curado. É autor do livro Human Rights and Humanity’s Rights During the Year IIII of the French Revolution, pela Palgrave MacMillan (2022), e autor de diversos artigos sobre filosofia do direito e direitos humanos. Está na Justiça Global desde 2021.

EMILY(MAYA) ALMEIDA

Assessora de Comunicação

EMILY(MAYA) ALMEIDA

Assessora de Comunicação

Jornalista e mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, pesquisando relações raciais, gênero, saúde e cuidado no cinema. Graduada na Universidade de Brasília, tem formação em educomunicação, produção audiovisual e em políticas públicas baseadas em evidências. Compõe a Rede Brasileira de Jornalismo Ambiental, o Fórum Popular da Natureza/RJ e a rede Narrativas de Comunicadores de Causas. Já passou por veículos como Rádio Justiça FM, GloboNews e BandNews FM, como repórter e produtora.

JULIANA LUCIO

Administrative Analyst

JULIANA LUCIO

Administrative Analyst

De origem pernambucana e de religião de Matriz Africana, é tecnóloga em turismo (Faculdade Senac RJ), mãe solo, integrante do Grupo de Mulheres Felipa de Sousa e da ABL (Articulação Brasileira de Lésbicas). Defensora de direitos humanos, com ênfase no respeito e segurança de crianças, mulheres e meio ambiente.

LOURDES DEDA

Coordenadora do Administrativo-Financeiro

LOURDES DEDA

Coordenadora do Administrativo-Financeiro

É mãe, administradora, pós-graduada em Administração de Empresas (UFBa) e Gestão de Projetos (Estia/França), tem vasta experiência na área financeira e em gestão de projetos, tendo atuado no terceiro setor, também no Estado e na economia privada.

ISABEL LIMA

Coordenadora de Desenvolvimento Institucional

ISABEL LIMA

Coordenadora de Desenvolvimento Institucional

Psicóloga e mestra em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Iniciou sua trajetória no campo dos direitos humanos atuando na defesa de direitos de crianças e adolescentes e com políticas públicas LGBTQIA+. Está na Justiça Global desde 2012. Atuou como Conselheira e integrante da Mesa Diretora do Comitê Nacional de Prevenção e Combate à Tortura e integrou o Comitê Estadual de Prevenção e Combate à Tortura do Rio de Janeiro representando a Justiça Global.

LEIDIANE MORENO

Analista Administrativo-Financeiro

LEIDIANE MORENO

Analista Administrativo-Financeiro

Graduada em Administração pela Faculdade São Camilo (Rio de Janeiro).

MELISANDA TRENTIN

Coordenadora do programa de Justiça Socioambiental e Climática

MELISANDA TRENTIN

Coordenadora do programa de Justiça Socioambiental e Climática

Advogada, mãe, especialista em Segurança Pública, Cultura e Cidadania pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e mestre em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Tem 25 anos de atuação nos direitos humanos. Iniciou sua trajetória no campo na área da Infância e Juventude na cidade de São Paulo em Centros de Defesa de Direitos da Criança e do Adolescente (CEDECA) e nas unidades de privação de liberdade. Foi coordenadora executiva da Plataforma Dhesca Brasil (2013 e 2022), integrando missões territoriais ao Complexo Industrial Portuário de SUAPE (PE); no Corredor Logístico S11D (PA/MA), Comperj (RJ), entre outras. Escreveu no livro Direitos humanos no Brasil 3: Diagnóstico e perspectivas (MNDH/Plataforma Dhesca, 2012). É organizadora da Coleção Caminhos, de temas da justiça socioambiental, lançada pela Justiça Global em 2023.

MONIQUE CRUZ

Coordenadora do programa de Violência Institucional e Segurança Pública

MONIQUE CRUZ

Coordenadora do programa de Violência Institucional e Segurança Pública

Assistente Social, atua como coordenadora do programa de Violência Institucional e Segurança Pública da Justiça Global e professora universitária. Mulher negra, de origem da favela de Manguinhos, no Rio de Janeiro, é mestre e doutoranda da Escola Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Integra o Grupo de Pesquisa Sociabilidades Urbanas, Espaço Público e Mediação de Conflitos – Estado e Sociedade (GPSEM)/CNPq e INCT-Ineac/Nufep/UFF); a Cátedra Internacional de Direito, Antirracismos e Racializações Esperança Garcia (CIDAREG), como co-fundadora. Monique também faz parte da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN); do Grupo de Especialistas em Políticas de Equidade Racial para Planejamento Participativo e Monitoramento das ações da Coordenação de Promoção da Equidade Racial (COOPERA) da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e compõe o Fórum Social de Manguinhos, a Frente pelo Desencarceramento do RJ e a Agenda Nacional Pelo Desencarceramento, além do Coletivo de Mulheres Afroindígenas Zacimba Gaba e do Coletivo de Negras e Negros Dona Ivone Lara. Atualmente é colaboradora voluntária do Laboratório Territorial de Manguinhos da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz. Está na Justiça Global desde de 2020.

RUGGERON REIS

Analista de marketing e mídias sociais

RUGGERON REIS

Analista de marketing e mídias sociais

Publicitário de formação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde se formou com uma análise semiótica de memes que eram utilizados em propagandas eleitorais na eleição de 2018.

Nascido em Nova Iguaçu, milita no movimento negro do Rio de Janeiro, é um dos organizadores da Marcha da Periferia/RJ e já trabalhou como jornalista, produtor de eventos, redator e parte do endomarketing de diversas empresas e ONGs no estado.

RAONI DIAS

Assistente Administrativo-Financeiro

RAONI DIAS

Assistente Administrativo-Financeiro

Raoni é pai, fotógrafo formado pelo SENAC, graduando em História na Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Graduado em Zootecnia na Universidade Estadual do Norte Fluminense.