Justiça Global abre seleção para o Programa Violência Institucional e Segurança Pública

Início Trabalhe conosco Justiça Global abre seleção para o Programa Violência Institucional e (...)

A Justiça Global seleciona profissional para atuar em sua equipe de Violência Institucional e Segurança Pública. As pessoas interessadas deverão enviar até o dia 23 de fevereiro os seguintes documentos:

  1. Currículo com no máximo duas páginas
  2. Carta de apresentação de uma lauda relatando sua trajetória e experiência com o tema. Ao final da carta, indicar duas referências para possível contato, indicando nome, filiação institucional, telefone e e-mail.
  3. Texto opinativo de uma lauda sobre o tema “Estado, violência e segurança pública”
  4. Se beneficiária/o de ação afirmativa, enviar o termo de autodeclaração étnico-racial devidamente assinado.

A documentação completa deve ser enviada para o endereço contato@global.org.br com o ASSUNTO: Seleção de VISP. O envio incompleto acarretará exclusão do processo de seleção.

Início das atividades: imediato.
Carga horária: 40 horas/semana.

O Programa de Violência Institucional e Segurança Pública da Justiça Global parte da compreensão do racismo como fator estruturante do sistema de justiça criminal e da atuação das agências de segurança pública, desenvolvendo iniciativas para redução da violência e letalidade policial, enfrentamento à tortura, implementação de políticas efetivas de desencarceramento e para pautar os efeitos da milicialização dos espaços urbanos. A pessoa contratada responderá diretamente à Coordenação do Programa.

Esta seleção destina-se exclusivamente a pessoas negras, indígenas e quilombolas, que assim se identificarem mediante a assinatura do termo de autodeclaração étnico-racial.

Resumo das Funções

  • Documentação de violações de direitos humanos;
  • Elaboração de pesquisas, relatórios, notas técnicas;
  • Redação de documentos, incluindo documentos jurídicos, ofícios e solicitações;
  • Elaboração e organização de publicações (individuais e coletivas);Articulação de trabalho em rede com movimentos sociais, populares e organizações não governamentais;
  • Encaminhamento de denúncias aos mecanismos nacionais e internacionais de proteção dos direitos humanos
  • Realização de trabalho de campo (missões in loco)
  • Interlocução com autoridades e com poder público;
  • Acompanhamento e avaliação de políticas públicas na área de direitos humanos, principalmente dos temas ligados à segurança pública e justiça criminal;
  • Realização de visitas de monitoramento e inspeção de instituições de privação de liberdade;
  • Entrevistas para meios de comunicação e palestras;
  • Organização de eventos (seminários, webinários, congressos, encontros)
  • Elaboração, realização e participação em mesas e palestras sobre os temas da área;
  • Representação institucional;
  • Elaboração de artigos;
  • Contribuição na elaboração de documentos para litigância no Sistema Interamericano de Direitos Humanos.

 Requisitos para a Função

  • Experiência profissional com os temas de segurança pública, privação de liberdade e justiça criminal;
  • Formação superior completa na área de Ciências Humanas e/ou Ciências Sociais Aplicadas;
  • Morar no Rio de Janeiro;
  • Disponibilidade para viagem nacional e internacional;
  • Interesse na área de promoção e proteção dos direitos humanos;
  • Experiência profissional em pesquisa sobre os temas da área;
  • Capacidade para trabalhar em equipe;
  • Fluência escrita e oral na língua portuguesa;
  • Desejável o domínio de outro idioma (inglês, espanhol);
  • Capacidade para organizar e ministrar oficinas de formação;
  • Capacidade para organizar seminários e reuniões nacionais e internacionais;
  • Disponibilidade em executar tarefas mais amplas do que as descritas acima quando necessário;

 Habilidades pessoais

  • Pontualidade;
  • Organização;
  • Atenção concentrada;
  • Sensibilidade para lidar com pessoas em situação pós-traumática;
  • Respeitar prazos;
  • Proatividade;
  • Visão estratégica.

 

Etapas da Seleção

De 6 a 23 de fevereiro – Inscrições no processo seletivo

De 26 de fevereiro a 8 de março – Análise dos documentos enviados

De 11 a 13 de março – Convocação para as entrevistas

De 18 a 22 de março – Realização das entrevistas 

De 25 a 27 de março – Divulgação do resultado final;

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

a) Regime de contratação: MEI 40 horas semanais;

b) Local de trabalho: Rio de Janeiro/RJ, na modalidade presencial, horário comercial, de segunda a sexta-feira, com possibilidade de trabalho aos finais de semana;

c) Salário: R$ 6.000,00 (seis mil reais);

d) Vale-alimentação;

e) Disponibilidade para viagens nacionais e internacionais;

f) Expectativa de início das atividades: início de abril/2024.