|  Justiça Global

Nota da Justiça Global sobre a chacina que vitimou 4 jovens em Nova Iguaçu (RJ)

A Justiça Global vem a público manifestar sua solidariedade aos familiares e amigos dos quatro jovens executados em Nova Iguaçu na última sexta-feira, dia 01, e exigir das autoridades uma investigação célere, imparcial e efetiva.

André Luis Vieira Júnior, de 21 anos, Fernando André Rodrigues Torres, de 23, Pedro Paulo do Nascimento, de 20, e Thalles Pereira Rodrigues, de 22, estavam na Rua Rogério de Azevedo, no bairro Miguel Couto, quando foram assassinados. Artêmio Pereira Nunes, de 19 anos, também foi baleado, mas sobreviveu.

A chacina ocorreu a apenas 2 km do local onde, em setembro, outros três jovens foram também executados. É inadmissível que o Estado brasileiro siga se omitindo diante de constantes chacinas de jovens negros, pobres e moradores das favelas e periferias.

É urgente que sejam adotadas todas as medidas para identificar e responsabilizar os envolvidos e que sejam estruturadas políticas públicas efetivas para prevenir e reduzir o número de homicídios cometidos contra a juventude negra.

Em memória de André Luis, Fernando André, Pedro Paulo e Thales e de todos os jovens assassinados nas favelas e periferias brasileiras! Pelo fim do genocídio do povo negro!