|  Por Glaucia Marinho

Nota da Justiça Global: Massacre Nunca Mais. Justiça para o Jacarezinho!

A Justiça Global manifesta a sua profunda indignação e revolta com o massacre ocorrido nesta quinta-feira, dia 06, na favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro. Instamos às autoridades que se comprometam com a verdade do fatos e realizem uma investigação pautada na independência e justiça. Para a Justiça Global, o massacre mostra a continuidade por Cláudio Castro, atual governador, de um programa de mortes, estruturalmente racista e de violações sistemáticas contra os territórios de favelas. Não podemos tolerar mais que o Governador e toda a cadeia de comando envolvida nas operações não sejam responsabilizadas pelas violações que aconteceram.

Ontem, não foi apenas a determinação do Supremo Tribunal Federal que foi vilipendiada com acusações de “ativismo judiciário”. Nossa Constituição também foi rasgada pelo Governo do Rio de Janeiro e seus destroços compartilhados através de vídeos e fotos em rede social. A dignidade do corpo negro é roubada em vida e morte. Também denunciamos a criminalização da juventude negra que foi tratada como “suspeita” pela imprensa e pelos agentes do estado para justificar o injustificável. Não devemos mais tolerar os tribunais de exceção, seja da polícia, da milícia ou do tráfico. Chega de arbitrariedade!

Justiça para o Jacarezinho, Candelária, Baixada, Providência, Nova Brasília, Vigário Geral, Acari, Borel, Fallet.
Massacre nunca mais!

Justiça Global