Ato em lembrança de Hugo Leonardo Silva

Início Notícias e análises Ato em lembrança de Hugo Leonardo Silva
Foto: BBC
Fatinha Silva, mãe de Hugo.

Hugo Leonardo Silva, morto por policiais militares em 17 de abril de 2012, na localidade conhecida como “199”, na Favela da Rocinha, no Rio. Ele tinha apenas 33 anos, trabalhava carregando material de construção, era casado e pai de dois filhos.

No final da tarde daquele dia, Hugo descia as escadas em um beco próximo à sua casa em direção a uma creche para buscar seu sobrinho. Policiais, incluindo alguns do Batalhão de Choque, que passavam pelo local, avistaram-no e mandaram ele parar e levantar a camisa. Hugo, então, acatou a ordem do policial, levantou a camisa e as mãos. Quando se dirigia na direção dos policiais, que estavam num grupo de cinco, um deles atirou em sua direção, atingindo sua região abdominal. Os policiais, então, passariam a discutir entre si e três deles disseram ao que atirou: “não era para ter feito isso!”. Na sequência, após esta rápida discussão, foi desferido mais um tiro, desta vez fatal: na cabeça. Hugo caiu no chão, já morto.

O ato ocorre neste dia 30 de abril, a partir das 13h30, na Estrada da Gávea, Rua 1, Casa da Cultura.

Sem justiça não há paz!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *